domingo, 26 de abril de 2015

Corra.

Depois de apagar  ,inúmeras vezes, o que vinha em minha cabeça, buscando a perfeição, Notei que não conseguia a tal, não consegui alcançar o que queria. Mas não me é surpresa, não sei falar, não sei escrever, não sei cantar, não sei correr, não sei brincar, não sei sofrer. Quase não falo, não consigo ligar as ideias, minha voz é feia, minhas pernas são curtas, sou muito moralista nas brincadeira, sofro muito por coisas que não deveria sofrer tanto. Mas sou feliz. tenho certeza que muitos queriam a perfeição mas não puderam alcançar, por isso se martirizaram. Não é assim, a coisa mais legal da vida é que nós temos tantas habilidades quanto podemos e se não conseguimos tentamos de novo, treinamos, treinamos e sofremos o quanto for necessário, as vezes alcançamos as vezes não. O importante foi tentar, o importante mesmo foi sofrer, foi ver que falar, escrever, cantar, correr, brincar, sofrer, não são tão fáceis quanto parecem ser.